• Entrar
  • Extranet Login
  • País:
    Idioma:
    Meu Carrinho

    Transmissor capacitivo para medição de nível contínuo

    Title h3

    1 artigo

    por página
    Definir Direção Decrescente

    1 artigo

    por página
    Definir Direção Decrescente

    Medição de nível com tecnologia de medição capacitiva

    Para explicar a tecnologia de medição de nível capacitivo, é importante compreender o princípio básico de um capacitor. Um condensador consiste em dois eletrodos condutores isolados um do outro. Ele tem a capacidade, dentro de um campo elétrico, de armazenar energia entre seus eletrodos. Se o material não condutor (= o dielétrico Ɛr) ficar entre os eletrodos, a quantidade de energia armazenável aumenta e, portanto, a capacitância do capacitor. Isto é determinado adicionalmente pelas dimensões dos eletrodos (área A) e sua distância (d) um do outro. A capacitância de um condensador de placa é geralmente descrita pela fórmula C = Ɛr * A/d.

    Com este entendimento, a função de um sensor de nível capacitivo pode agora ser explicada. Isto consiste de uma sonda metálica (haste ou cabo) de contato com o meio que, junto com uma parede condutiva do tanque, pode ser entendida como os dois eletrodos de um condensador. Um meio não condutor, como o óleo (meio não condutor < 1 µS/ cm), forma o dielétrico entre esses dois eletrodos. Se o nível agora aumenta, a área do eletrodo aumenta, o que, por sua vez, leva a um aumento da capacitância. Esta mudança de capacitância é detectada pelo sensor e convertida em um sinal proporcional ao nível.
    Devido a sua função, os sensores de nível capacitivo freqüentemente têm que ser ajustados e calibrados para o meio (capacidade mínima y máxima). O ajuste do meio não é necessário se o meio a ser medido for condutor, como água (meio condutor > 100 µS), já que neste caso o próprio meio representa o segundo eletrodo. O revestimento isolante da haste de PFA serve como dielétrico, pelo qual o princípio básico de um condensador é novamente dado.